Ensina-nos a rezar (Guia catecismo, #2º ano)

Título: Ensina-nos a rezar (Guia catecismo, #2º ano)

Autor: Fundação Secretariado Nacional de Educação Cristã

Género: Religion

Duração: 396 páginas

Fonte: Igreja

Formato: Brochura

Classificação: 3.5/5

 

Crítica:

Este guia contém textos muito interessantes para apoio aos catequistas, se bem que bastante longos, e infelizmente nem sempre tive tempo para os ler.

As propostas para as catequeses também são interessantes, alguns textos mesmo muito bonitos, mas regra geral foi-nos impossível reproduzir tudo numa catequese. As crianças querem participar e então o tempo vai passando… Por vezes é muito difícil escolher o que transmitir.

Gostaria de ter visto mais actividades. Ainda são pequenos, e quando falamos muito é natural que se distraiam.

Um bom guia, o material de apoio no site também ajuda.

Lido de 28 de Setembro de 2014 a 8 de Junho de 2015
Crítica no GoodReads

Advertisements

O Jogo da Contabilidade

O Jogo da Contabilidade
by Darrell Mullis, Judith Orloff, Eduardo Ferreira

Rating: 4/5

Este livro é de facto completamente diferente de tudo o que se encontra no mercado. Logo na introdução, é-nos explicado que se irá utilizar um método mais semelhante ao que se usa para se ensinar na escola primária, porque tendemos a reter na memória a longo prazo os conteúdos que nos são transmitidos através de experiências, emoções, utilizando cores, exemplos práticos, etc. E de facto, é verdade. Não tenho dúvidas que os conhecimentos que levo deste livro vão ficar na minha memória muito mais tempo do que qualquer outro manual.

O livro simula o desenvolvimento de um negócio através do exemplo de uma banca de limonada. É algo bastante americano, bem como as experiências do dia a dia seguidamente mencionadas, mas nota-se um grande esforço por parte do tradutor em adaptar o conteúdo à realidade portuguesa.

O tipo de diálogos (pergunta-resposta, tal como na escola, em vez de um sermão em forma de monólogo), o uso das cores, a quebra no discurso de ensinamento com exemplos do dia-a-dia, tudo isso contribuiu para que o conhecimento de algo tão complicado (pelo menos para mim) se entranhasse de forma fluida.

No final, o livro contém, para além das soluções, o mesmo teste de diagnóstico que havia no início (óptima forma de consolidar os conhecimentos), bem como as soluções, um glossários dos termos mais importantes e uma imagem de um diploma a preencher pelo nosso grande esforço.

Não se enganem, o livro não é de todo infantil. Utiliza sim uma abordagem ao alcance de qualquer um, independentemente dos seus conhecimentos de contabilidade. É um livro, não estamos a falar com uma pessoa cara a cara, mas traduz essa imagem. Todo o livro é como um diálogo, muitas partes são como se estivessemos numa sala de aulas. Esse diálogo do pergunta-resposta, com a resposta noutra cor, por exemplo, é uma óptima forma de consolidar o conhecimento que acabámos de aprender.

Ora confesso que não consegui compreender tudo. A certa altura perdi-me (deveria ter tomado notas), especialmente quando tocava a preencher os exercícios. Já não me lembrava de tudo o que tinha acontecido. Gostaria que antes de cada exercício houvesse um resumo do que tinha mudado, para ajudar a organizar a informação.

Notei que alguns quadros estavam em falta nas soluções, outros não estavam completamente correctos (lembro-me que havia uma linha no exercício que faltava na solução) mas de forma geral o livro é excelente. Talvez um dia o releia, tenho a certeza que se tomar notas ao mesmo tempo o resultado será muito mais produtivo.

Recomendo vivamente a todas as pessoas que tenham dificuldade em compreender os conceitos de contabilidade ou queiram passar por uma experiência de consolidação sólida dos mesmos.

Lido de 24 de Setembro a 16 de Outubro de 2014
Crítica GR